Cursos

Aperfeiçoamento Didático Pedagógico (Preparatório para o Concurso da SEC)

Aperfeiçoamento Didático Pedagógico (Preparatório para o Concurso da SEC)

Publicado: 26/08/2017 | Legenda: Aperfeiçoamento Didático Pedagógico (Preparatório para o Concurso da SEC)

Compartilhar

Aperfeiçoamento Didático Pedagógico (Preparatório para o Concurso da SEC)


INSTITUIÇÕES PARCEIRAS
ACEB – Associação Classista de Educação da Bahia
FETRAB – Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia

INFORMAÇÕES

O concurso público para os cargos de Professor e Coordenador Pedagógico da rede estadual de ensino deve ter seu edital publicado nos próximos 60 dias (até outubro), conforme anúncio do governador Rui Costa.

ACEB, aproveitando-se de sua experiência na preparação de outros certames, lança o curso “Aperfeiçoamento didático pedagógico”, que traz os conteúdos do certame: Língua Portuguesa; Teorias da Aprendizagem; Currículo e Gestão da Aprendizagem; Educação Especial; Legislação Educacional; e Direito Administrativo.


VAGAS
Serão 2.796 vagas para o cargo de Professor e 664, para Coordenador Pedagógico, distribuídas por 365 cidades baianas.

PÚBLICO ALVO
Postulantes aos cargos de Professor e Coordenador Pedagógico da rede estadual de ensino.
 
DIAS E HORÁRIOS
Aos sábados da 8h30 às 12h.
E a apartir do dia 13/01/18, nos dois turnos
 
INÍCIO DA PRÓXIMA TURMA
18 de novembro de 2017
 
CARGA HORÁRIA
180 horas/aula

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONHECIMENTOS GERAIS

EDUCAÇÃO BRASILEIRA: TEMAS EDUCACIONAIS E PEDAGÓGICOS

 

PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM

·         As diferentes correntes do pensamento pedagógico brasileiro e as implicações na organização do sistema de educação brasileiro.

·         A didática e o processo de ensino/aprendizagem: planejamento, estratégias, metodologias e avaliação da aprendizagem.

·         A sala de aula como espaço de aprendizagem.

·         As contribuições da psicologia da educação para a pedagogia: implicações para a melhoria do ensino e para ações mais embasadas da ação profissional docente no alcance do que se ensina aos indivíduos.

 

CURRÍCULO

·         As teorias do currículo.

·         Os conhecimentos sócioemocionais no currículo escolar: a escola como espaço social.

·         As diretrizes curriculares nacionais para a formação docente.

·         Aspectos legais e políticos da organização da educação brasileira.

·         Políticas educacionais para a educação básica: as diretrizes curriculares nacionais. (etapas e modalidades).

·         A Interdisciplinaridade e a contextualização no Ensino Médio.

 

EDUCAÇÃO ESPECIAL

·         Os fundamentos de uma escola inclusiva.

·         Convenção da ONU sobre direitos das pessoas com deficiência.

 

EPISTEMOLOGIA

·         Educação e trabalho: o trabalho como princípio educativo.

·         Educação para as relações étnico-raciais Decreto nº. 65.810, de 8 de dezembro de 1969 (promulga a Convenção Internacional sobre a Eliminação de todas as Formas de Discriminação Racial).

·         O Decreto federal nº 4.738, de 12 de junho de 2003 (reitera a Convenção Internacional sobre a Eliminação de todas as Formas de Discriminação Racial).

·         Ação da escola, protagonismo juvenil e cidadania.

·         O paradigma da supralegalidade como norma constitucional para os tratados dos direitos humanos.

LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL

·         A Lei estadual nº 13.559, de 11 de maio de 2016: o Plano Estadual de Educação 19.

·         As avaliações nacionais da educação básica. As licenciaturas interdisciplinares como paradigma atual da formação docente (menção no art. 24 da Resolução CNE/CP nº. 2, de 1º de julho de 2015).

·         Legislação educacional:

a) Constituição Federal de 1988 (Artigo n° 205 ao n° 214);

b) LDB, atualizada até 30 de setembro de 2017 – Lei federal nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 a Lei federal nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017;

c) Estatuto da Criança e do Adolescente – Lei federal nº 8.069, de 13 de julho de 1990; Estatuto do Magistério Público do Ensino Fundamental e Médio do Estado da Bahia - Lei estadual nº 8.261, de 29 de maio de 2002.

 

NOÇÕES DE IGUALDADE RACIAL E DE GÊNERO

·         Constituição da República Federativa do Brasil (art. 1°, 3°, 4° e 5°).

·         Constituição do Estado da Bahia, (Cap. XXIII "Do Negro").

·         Lei federal n° 12.288, de 20 de julho de 2010 (Estatuto da Igualdade Racial).

·         Lei federal nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989 (Define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor) e Lei federal n° 9.459, de 13 de maio de 1997 (Tipificação dos crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor).

·         Decreto federal n° 65.810, de 08 de dezembro de 1969 (Convenção internacional sobre a eliminação de todas as formas de discriminação racial).

·         Decreto federal n° 4.377, de 13 de setembro de 2002 (Convenção sobre a eliminação de todas as formas de discriminação contra a mulher).

·         Lei federal nº 11.340, de 7 de agosto de 2006 (Lei Maria da Penha).

·         Código Penal Brasileiro (art. 140).

·         Lei federal n° 9.455, de 7 de abril de 1997 (Crime de Tortura).

·         Lei federal n° 2.889, de 1º de outubro de 1956 (Define e pune o Crime de Genocídio).

·         Lei federal nº 7.437, de 20 de dezembro de 1985 (Lei Caó).

·         Lei estadual n° 10.549, de 28 de dezembro de 2006 (Secretaria de Promoção da Igualdade Racial); alterada pela Lei estadual n° 12.212, de 04 de maio de 2011.

·         Lei federal nº 10.678, de 23 de maio de 2003, com as alterações da Lei federal nº 13.341, de 29 de setembro de 2016 (Referente à Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República).

 

CONHECIMENTOS INTERDISCIPLINARES

·         Linguagem, texto e contexto nos signos verbais e não-verbais.

·         A intermediação entre linguagem verbal e não verbal no processo de constituição do texto/discurso.

·         A linguagem das ciências e das artes e seu entendimento como chaves à compreensão do mundo e da sociedade.

·         A linguagem das ciências humanas no processo de formação das dimensões estéticas, éticas e políticas do atributo exclusivo do ser humano.

·         A linguagem das ciências e das artes e as implicações ao pensar filosófico, a partir do Renascimento.

·         As linguagens das ciências, das artes e da matemática: sua conexão com a compreensão/interpretação de fenômenos nas diferentes áreas das relações humanas com a natureza e com a vida social.

·         As linguagens das ciências e das artes e sua relação com a comunicação humana.

·         O significado social e cultural das linguagens das artes e das ciências – naturais e humanas – e suas tecnologias.

·         As linguagens como instrumentos de produção de sentido e, ainda, de acesso ao próprio conhecimento, sua organização e sistematização.


As inscrições irão do dia 14/11/17, as 10h até o dia 12/12/17, as 14h

INVESTIMENTO
R$ 500,00 (à vista) ou 4 x R$ 145,00 (nos cartões) + R$ 100,00 do certificado (opcional).

CORPO DOCENTE
Constituído de professores com Doutorado, Mestrado e Especialização com larga experiência acadêmica, técnica e profissional.
 
OUTRAS INFORMAÇÕES / INSCRIÇÃO
ACEB – Colégio Estadual da Bahia - Central - Pavilhão Carlos Santana - 2º andar. Av. Joana Angélina, Nazaré. Salvador-Ba.
 
Telefax: (71) 3013-7872


 

 

Inscreva-se
Veja outros cursos    |    Entre em contato


 

Parceiros

FETRAB - ACEB

FETRAB


Facebook

© Copyright 2013. Todos os direitos reservados a ACEB